Conheça 5 exames que uma clínica de imagem oferece

Os exames de imagem são métodos importantes no cuidado da saúde em todas as fases da vida, da infância ao envelhecimento. Ao permitir visualizar as estruturas internas do corpo e as suas funções, eles são utilizados tanto de forma preventiva, como exames de rotina, quanto para o diagnóstico de doenças e o acompanhamento de tratamentos.

Para cada caso, há um tipo de exame de imagem que utiliza diferentes fontes de energia: raios-x, ondas sonoras, partículas radioativas e campos magnéticos. Muitos desses exames são simples, indolores e não invasivos, como os diversos tipos de ultrassonografia e a mamografia, por exemplo. E a sua realização já faz parte das avaliações médicas de rotina de uma clínica de imagem.

Diante de tantas opções, você sabe quais são os principais tipos de exame de imagem realizados pelas clínicas e qual a finalidade de cada um deles? Acompanhe o nosso post e descubra!

1. Ultrassonografia

O ultrassom, nome popular da ultrassonografia, é o exame de imagem que utiliza ondas sonoras de alta frequência para gerar imagens estáticas e em movimento de órgãos e estruturas internas do corpo. Diferentemente da radiografia, não há o emprego de radiação para a sua realização. Por isso mesmo, é um aliado importante das gestantes durante o pré-natal.

É o tipo de exame mais realizado pelos pacientes em geral em uma clínica de imagem, e atende a diversas demandas e necessidades. A maioria não exige preparo e pode ser realizada por crianças e adultos. Saiba mais sobre cada um deles:

  • Ultrassom Obstétrico

ultrassom obstétrico é realizado em todas as etapas da gestação, integra o rol de exames de rotina do pré-natal. Sua principal função é avaliar a placenta e o desenvolvimento do bebê. Também auxilia na detecção de anomalias fetais e na previsão do parto.

  • Ultrassom Transvaginal

O ultrassom transvaginaltambém conhecido como endovaginal, é um dos procedimentos ginecológicos mais comuns no cuidado do sistema reprodutor da mulher, em especial o útero e os ovários. Neste exame, o transdutor é introduzido no canal vaginal, o que permite uma melhor visualização das estruturas internas. Muito utilizado na investigação de sangramentos vaginais, irregularidade do ciclo menstrual, infertilidade, detecção de miomas e cistos.

  • Ultrassom dos Rins e das Vias Urinárias

O ultrassom dos rins e das vias urinárias, como o próprio nome sugere, é o exame de imagem utilizado na avaliação dos órgãos como os rins, os ureteres, a uretra, a bexiga e a próstata, no caso dos homens. É indicado na investigação de sintomas como dor e dificuldade para urinar, que podem indicar cálculos ou cistos renais, infecção urinária, hidronefrose e doença policística renal.

  • Ultrassom Abdominal

O ultrassom abdominal permite visualizar alterações nos órgãos internos da região do abdômen, como a vesícula, as vias biliares, o pâncreas e o retroperitônio. Existem três tipos de ultrassom abdominal, total, superior e inferior, e cada um permite a visualização mais detalhada de uma parte dessa região do corpo.

  • Ultrassom das Articulações

O ultrassom das articulações é indicado para diagnosticar alterações nas estruturas articulares e dos músculos relacionados, desde as grandes articulações, como ombros, quadris e joelhos, quanto as pequenas, tais como os dedos dos pés e das mãos.

  • Ultrassom da Tireoide

O ultrassom da tireoide é indicado para avaliar as condições da tireoide, glândula endócrina que regula o metabolismo corporal, localizada no pescoço. Seu funcionamento é determinante para o desempenho de diversos órgãos, como coração e rins. Os tipos de disfunção mais comuns são o hipertireoidismo e o hipotireoidismo.

2. Elastografia

A elastografia é um método de ultrassonografia avançado que permite a avaliação da elasticidade dos tecidos, diferenciando aqueles de consistência normal para os de maior rigidez. A grande vantagem é que, diferentemente da biópsia, esse tipo de exame é rápido, prático e indolor, não envolvendo perfurações ou cortes no corpo. A sua principal indicação é para a detecção de nódulos benignos e cancerígenos da glândula tireoide e das mamas.

A avaliação do fígado é também muito comum, neste caso chamado de elastografia hepática ultrassônica. Realizado pela maioria das clínicas de imagem, ele permite diagnosticar uma série de doenças, sendo as mais comuns as que acometem o fígado, como a fibrose hepática.

3. Mamografia Digital

Muito comum como método preventivo da saúde feminina, a mamografia digital é indicada para diagnosticar tumores nas mamas, que podem causar câncer. É um tipo de exame não invasivo que utiliza a radiação do raio-x tradicional para a produção das imagens. Deve ser feito anualmente entre as mulheres acima dos 40 anos.

Importante lembrar que o câncer de mama também pode se desenvolver em homens, resultado de alterações genéticas e má alimentação, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia. É importante contar com acompanhamento médico.

4. Cintilografia

Exame de imagem da medicina nuclear, a cintilografia é um dos métodos de diagnósticos que garante resultados mais precisos. Serve para investigar a existência e localização de tumores, progressão de doenças e metástase. Para a sua realização, o paciente ingere substâncias radioativas não nocivos ao corpo, que emitem radiações detectadas pelo equipamento. Ao se distribuir pelo organismo, é possível detectar as possíveis alterações nas regiões em que o fármaco se distribui de forma menos homogênea.

5. Densitometria óssea

A densitometria óssea é o exame destinado a medir a densidade de cálcio no tecido ósseo a partir da idade e do sexo do paciente. Utilizado no diagnóstico de alterações como osteoporose, osteopenia e outras doenças que atingem os ossos. O método é, atualmente, um dos mais modernos da medicina, realizado por meio de aparelho computadorizado com baixa dose de radiação. Em função disso, não apresenta nenhum risco para a saúde do paciente ou do técnico responsável.

Como vimos neste post, há uma grande diversidade de exames de imagem, que acompanham o cuidado e a preservação da saúde ao longo de todas as etapas da vida. Para a realização desse método, é importante contar com o acompanhamento médico especializado e uma clínica de imagem de confiança.

Localizada em Belo Horizonte, a Clínica CEU é referência na realização de diagnósticos de imagem, sendo reconhecida pelos serviços e atendimentos prestados. Precisa realizar algum desses exame? Solicite o agendamento online agora!

Conheça 5 exames que uma clínica de imagem oferece
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM