Como funciona e para que serve o Ultrassom com Doppler

A ultrassonografia, também conhecida como ultrassom ou ecografia, é um dos exames de diagnóstico mais comuns no cuidado da saúde e na prevenção de variadas doenças. Por meio da emissão de ondas sonoras de alta frequência não prejudiciais ao organismo, são geradas imagens em tempo real, que permitem a visualização de órgãos e estruturas internas.

Existem diversos tipos de ultrassom e, quando o exame é realizado com Doppler, é possível avaliar a circulação dos vasos sanguíneos e o fluxo de sangue do corpo. Esse tipo de exame serve para a investigação de anormalidades nos vasos sanguíneos, que podem gerar tromboses, varizes e aneurismas, e durante a gestação, para medir o fluxo de sangue da mãe para o feto.

Saiba mais sobre o ultrassom com Doppler, quais são suas indicações e quando realizá-lo.

O que é ultrassom com Doppler

O ultrassom com Doppler, ecografia com Doppler ou ecodoppler colorido, é muito similar ao ultrassom comum: ondas sonoras são emitidas diretamente nos órgãos e tecidos internos do corpo e os ecos produzidos nesse encontro geram imagens em tempo real, que podem ser acompanhadas pelo profissional e paciente. Ao permitir a visualização dessas imagens em movimento, o efeito Doppler é capaz de avaliar o fluxo sanguíneo em áreas e órgãos específicos do corpo.

O método é indolor, prático e seguro. Diferentemente de outros tipos de exames de imagem, não utiliza de radiação e também não gera efeitos colaterais no paciente. A realização desse tipo de ultrassom deve ser feito a pedido do médico, responsável por avaliar qual o melhor método para cada caso.

Principais indicações do exame

Um dos principais motivos que leva o médico a solicitar a realização da ecografia com Doppler é a suspeita de alterações nos vasos sanguíneos, como estreitamento, dilatação ou oclusão. Essas alterações podem ocorrer em qualquer tecido do organismo e são capazes de gerar tromboses, aneurismas, varizes e até mesmo doenças coronarianas – responsáveis por limitar o fluxo sanguíneo para o coração.

Além disso, o médico pode pedir o exame com Doppler para avaliar o funcionamento do fluxo sanguíneo nas artérias e veias, mesmo quando não há indícios ou risco de doenças.

Esse tipo de exame também é muito utilizado durante a gestação. O Doppler fetal serve para avaliar o fluxo sanguíneo da mãe para o feto, através da placenta.

Tipos de ultrassom com Doppler

Em função da praticidade e segurança em sua realização, existem diversos tipos de ultrassonografia com Doppler, que auxiliam na avaliação e no diagnóstico de variadas condições. Conheça os principais:

  • Ultrassom com Doppler da tireoide
    Indicado para avaliar os vasos sanguíneos da glândula tireoide e a presença de nódulos, cistos e inflamações, muito comuns nessa região. É solicitado, na maioria dos casos, pelo endocrinologista.
  • Ultrassom com Doppler nas pernas
    Indicado para diagnosticar má circulação sanguínea nessa região do corpo e estreitamento dos vasos, e identificar
    varizes e tromboses. É também conhecido como Doppler dos membros inferiores.
  • Ultrassom com Doppler das mamas
    Indicado para identificar a presença de
    vascularização em nódulos mamários. Geralmente, é feito de forma a complementar outros tipos de exames, como a mamografia, pois fornece informações mais detalhadas sobre a natureza de um nódulo já identificado.
  • Ultrassom com Doppler obstétrico
    Indicado durante a gestação para avaliar o
    fluxo sanguíneo da mãe para o feto, responsável pela oxigenação e desenvolvimento do bebê. Permite, também, avaliar os seus batimentos cardíacos.
  • Ultrassom com Doppler das artérias renais
    Indicado para avaliar o fluxo de sangue das artérias dos rins, cujas alterações são as principais causadoras de
    hipertensão arterial.
  • Ultrassom com Doppler das carótidas
    Indicado para avaliar alterações nas carótidas, artérias responsáveis por levar sangue do coração ao cérebro. Essas alterações, causadas por obstruções ou estreitamentos desses vasos, podem levar até mesmo ao
    desenvolvimento de um AVC. É importante ser realizado como método preventivo.

Como o Doppler funciona

Como no ultrassom comum, para a realização do  exame o paciente deita em uma maca e, com o auxílio de um gel, o profissional responsável desliza o aparelho sob a pele. As imagens são geradas em tempo real no aparelho televisor, podendo ser acompanhadas pelo paciente, que também leva o resultado impresso para avaliação do médico. O método é indolor e, na maioria dos casos, também não requer nenhum tipo de preparo.

Nesse post, apresentamos as principais características e usos do ultrassom com Doppler, um dos exames de imagem mais comuns no diagnóstico e na avaliação de estruturas internas do corpo. Para saber mais sobre seus tipos, confira a importância do ultrassom com Doppler na gestação.

Rate this post
Como funciona e para que serve o Ultrassom com Doppler
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM


Warning: Use of undefined constant php - assumed 'php' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/dcm6c87qt1ur/public_html/wp-content/themes/ceu/sidebar.php on line 1