Saiba onde fazer mamografia em BH

Se você é mulher e tem mais de 40 anos, a mamografia digital é um exame que deve ser realizado anualmente. Ele é o seu maior aliado na prevenção de doenças como o câncer de mama.

Além disso, a mamografia também auxilia na identificação de nódulos e calcificações nas mamas. Já falamos sobre exames preventivos e sua importância no blog e a mamografia está entre os mais importantes exames para as mulheres.

Por muito tempo o exame foi visto com receio pelas pacientes, que tinham medo da compressão da mama ou da radiação. Mas, com os avanços tecnológicos e a informação disponível, já foi comprovado que ele não causa danos, além de ser essencial para diagnosticar várias condições.

Neste post, vamos falar tudo sobre esse exame, suas indicações, onde realizar a mamografia em BH e o preparo necessário. Confira:

Quando fazer a mamografia digital?

A mamografia é um exame preventivo para doenças das mamas, especialmente o câncer. A indicação principal é para que mulheres acima dos 40 anos realizem o exame anualmente ou conforme recomendação médica em casos específicos.

Antes dos 40 anos, a mamografia comumente é indicada em casos de:

  • Mulheres com mutação genética comprovada por exames, que demonstrem maior suscetibilidade ao câncer de mama;
  • Diagnóstico de síndromes genéticas que aumentem o risco de câncer, ou possuir parentes de primeiro grau com essas síndromes;
  • Mulheres que foram submetidas a algum tratamento com radiação na região do tórax entre os 10 e 30 anos, iniciando o exame a partir do oitavo ano após o tratamento;
  • Histórico familiar de câncer de mama.

No caso de histórico familiar, o médico pode calcular o risco do câncer se manifestar na paciente e sugerir o acompanhamento. A idade varia de acordo com o histórico familiar, mas em geral a mulher deve começar a fazer a mamografia todo ano quando tiver 10 anos a menos que o parente mais jovem tinha quando foi diagnosticado com câncer de mama.

Não é indicado iniciar o rastreamento antes dos 30 anos em nenhum dos casos listados acima, pois as mamas nessa faixa etária ainda são muito densas, o que dificulta a detecção correta de nódulos e tumores.

Por ser um exame que utiliza radiação, a mamografia não pode ser feita por mulheres grávidas.

Como o exame funciona?

A mamografia digital funciona como uma radiografia da mama. É utilizado um aparelho chamado mamógrafo, que emite baixas quantidades de radiação. Nele, as mamas são posicionadas e comprimidas uma a uma, até tomarem uma forma de disco, e recebem a baixa dose de radiação.

A radiação emitida é então medida por um sensor digital ligado a um computador, que vai transformar essa leitura em imagens de alta definição. Na tela, o profissional que realiza o exame poderá avaliar o resultado e gerar o laudo.

É importante falar sobre as diferenças entre a mamografia digital e a mamografia convencional. No exame convencional, há o uso de filme fotográfico para revelar as imagens obtidas, em vez da versão digital computadorizada. Essas imagens muitas vezes sofriam danos pela ação do tempo, do clima e da forma como eram armazenadas, o que poderia prejudicar a análise dos médicos e o acompanhamento anual.

Além da praticidade da imagem digital, que não é danificada e pode ser enviada para o médico em tempo real (e também pode ser impressa, se for necessário), a mamografia digital também apresenta outras vantagens frente ao exame convencional:

    • O exame é mais rápido, então há menos exposição à radiação;
    • É mais confiável na detecção de nódulos pequenos (menos de 1 cm);
    • O resultado é instantâneo e dispensa o uso de químicos e chapas para revelação;
    • Permite a aplicação de contraste, se for necessário, para avaliação da circulação da mama (vasos sanguíneos);
    • É mais indicada para mulheres com mamas maiores ou mais densas (com muitas glândulas).

Também é fundamental mencionar que a mamografia é um exame que causa um pouco de desconforto, por precisar comprimir as mamas. A mamografia digital é um pouco menos desconfortável que a convencional, por ser mais rápida, e a compressão continua não causando nenhum tipo de lesão às mamas.

Por fim, se você está buscando informações para fazer a sua mamografia em BH, mas tem implantes de silicone e já ouviu falar de riscos nesses casos, fique tranquila. Mulheres com silicone podem sim fazer a mamografia, pois o risco de estourar a prótese durante o exame é muito pequeno.

O que a mamografia pode detectar?

A mamografia pode detectar:

  • Nódulos na mama;
  • Lesões benignas;
  • Câncer de mama.

A mamografia digital, especificamente, é capaz de detectar tumores em estágios muito iniciais, aumentando a chance de tratamento e cura do câncer de mama. Entretanto, o exame não detecta todos os tipos de câncer de mama. Por isso, após a realização da mamografia, podem ser indicados exames complementares.

Dentre eles estão radiografias, ultrassonografias, ressonâncias magnéticas e biópsias. Se você for realizar a sua mamografia em BH na Clínica CEU, pode fazer todos os exames complementares conosco também!

Como se preparar para a mamografia?

Agora que você já sabe tudo sobre a mamografia, veja abaixo a preparação necessária para fazer o exame:

  1. Chegar com, no mínimo, 20 minutos de antecedência ao local do exame. Será necessário preencher uma ficha e dar alguma informações sobre o seu histórico médico;
  2. Evitar o uso de cosméticos na região das mamas e das axilas, como desodorantes, talcos e cremes hidratantes. Eles podem interferir no decorrer do exame;
  3. Levar exames anteriores é sempre uma indicação, pois o examinador pode encontrar informações importantes nos laudos. Se tiver, leve consigo a última mamografia e outros exames da mama, como ultrassom e ressonância.

Indicamos marcar a mamografia fora do seu período menstrual, uma vez que nessa fase os seios ficam inchados e doloridos, e a compressão do exame pode causar muito mais desconforto que o normal.

Onde fazer mamografia em BH?

Como vimos, a mamografia digital é um exame de grande importância no calendário anual da mulher. A abordagem preventiva é a melhor postura para lidar com a sua saúde, e por isso recomendamos que você se consulte com o seu ginecologista de confiança e realize todos os exames anuais indicados por ele.

O câncer de mama é a doença que mais mata mulheres no Brasil, e ao detectá-lo nos estágios iniciais há uma chance de 98% de cura! Tendo isso em mente, não deixe de fazer o acompanhamento com a mamografia digital e outros exames preventivos.

Está buscando uma clínica de confiança para fazer mamografia em BH? A Clínica CEU oferece os exames de imagem mais importantes nos diagnósticos, inclusive a mamografia digital. Marque agora mesmo o seu exame na Clínica CEU e faça todo o acompanhamento preventivo anual conosco. Estamos localizados na Rua Francisco Sales, 1656, Santa Efigênia – Belo Horizonte.

Saiba onde fazer mamografia em BH
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM