Ultrassonografia da tireoide: quando o exame é necessário?

No dia 25 de maio é comemorado como Dia Internacional da Tireoide, data que alerta sobre a importância dos cuidados e exames como a ultrassonografia da tireoide, utilizado para diagnosticar alterações e distúrbios que afetam a glândula. 

A tireoide, glândula situada na porção inferior do pescoço, é responsável por produzir hormônios importantes para a saúde do organismo. A alteração no funcionamento da tireoide pode acarretar doenças e inflamações graves. 

Por isso, saber quando realizar a ultrassonografia de tireoide é fundamental para prevenir e diagnosticar tais problemas. A seguir, confira mais informações sobre o exame!

O que é a ultrassonografia da tireoide?

A tireoide é o centro de comando do funcionamento do organismo, responsável pela produção de dois hormônios que atuam como mensageiros das funções metabólicas no corpo. 

Essas substâncias são conhecidas como triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), e circulam na corrente sanguínea, com o objetivo de regular a função dos órgãos, controlando o metabolismo, transformando alimentos em energia e regulando a temperatura.

A tireoide tem sua função comandada por uma glândula chamada hipófise, instalada na base do cérebro, é responsável por produzir um hormônio estimulante da tireoide (TSH). É o TSH que leva a tireoide a produzir a T3 e a T4.

Além disso, o órgão age diretamente nas funções de órgãos como o cérebro, coração, rins e fígado, influenciando na fertilidade, ciclo menstrual, emocional, capacidade de concentração, memória e peso.

A ultrassonografia de tireoide é um exame efetivo e muito utilizado para diagnosticar inúmeras doenças que podem afetar o funcionamento da glândula. A realização do exame permite visualizar pequenas alterações antes mesmo que o indivíduo apresente qualquer sintoma ou sinal de doença relacionada à glândula. 

Como funciona o exame?

A ultrassonografia de tireoide é um exame simples e indolor, que não exige preparo. Para ser realizado, o paciente deve manter-se deitado na maca enquanto o profissional responsável pelo procedimento desliza o transdutor pela garganta com a ajuda de um gel. 

O aparelho que realiza a ultrassonografia da tireoide emite ondas sonoras de alta frequência que, em contato com os órgãos, geram imagens bidimensionais em tempo real. Além disso, também não há efeitos colaterais após a realização do exame.

Quando fazer o exame de ultrassonografia da tireoide?

A ultrassonografia da tireoide deve ser realizada quando o paciente apresenta histórico de casos de variação ou doenças hormonais, como hipotireoidismo ou hipertireoidismo, câncer na família ou nódulos palpáveis e visíveis, que podem ser detectados no exame de toque. Além disso, alguns sintomas podem indicar a necessidade da ultrassonografia de tireoide, visto que muitos dos nódulos não são palpáveis nem visíveis. Os principais são:

  •  ganho ou perda de peso em excesso e de forma arbitrária;
  • desregulação do ciclo menstrual;
  • problemas de fertilidade;
  • funcionamento irregular do intestino;
  • dores musculares e articulares;
  • diminuição da memória;
  •  cansaço;
  •  agitação;
  • sonolência;
  • aumento do colesterol e problemas de controle emocional.

Qual a sua importância?

A ultrassonografia de tireoide é importante, pois pode diagnosticar lesões focais (nódulos) benignas e malignas, e avalia a presença de linfonodos (gânglios) e glândulas salivares. Também é usada para selecionar os nódulos que devem ser puncionados e guiar a punção aspirativa. Além disso, o exame contribui para a detecção das principais doenças da tireoide: hipertireoidismo e hipotireoidismo, doença de Graves, tumores, bócio, nódulos e cistos.

Hipertireoidismo ou Hipotireoidismo

O hipertireoidismo e hipotireoidismo são doenças causadas por alterações na produção de hormônios pela glândula tireoide. No hipertireoidismo, há um aumento na produção dos hormônios T3 e T4, podendo gerar perda de peso, aumento dos batimentos cardíacos, ansiedade, insônia.

Já o hipotireoidismo é a diminuição na produção dos hormônios, que causam aumento de peso, cansaço, fraqueza e até impotência sexual. As causas podem ser congênitas (desde o nascimento), autoimunes, inflamatórias ou mesmo efeitos colaterais do tratamento de outras doenças. 

Doença de Graves

A doença de Graves é um tipo de hipertireoidismo causado por condições autoimunes. Além dos sintomas já descritos, o paciente também pode apresentar olhos salientes e formação de placas endurecidas e avermelhadas sob a pele. O diagnóstico também é feito utilizando a ultrassonografia de tireoide.

 Tumores

Os tumores são formados quando há o crescimento de tecido anormal, que pode ser benigno ou maligno (cancerígeno). Neste segundo caso, quando o câncer é detectado, é necessário que se faça a retirada da glândula. Assim como nos outros casos, as causas nem sempre são determinadas.

Bócio

O bócio é caracterizado pelo aumento visível do tamanho da tireoide. As causas podem ser diversas, desde inflamações a formação de nódulos nas glândulas. São comuns sintomas como dificuldade para engolir e respirar e sensação de aperto na garganta.

Nódulos e cistos

O surgimento de nódulos e cistos nem sempre tem uma causa descoberta. A maioria deles é benigno e desaparece naturalmente, sem a necessidade de tratamento ou retirada. Podem ser palpáveis ou não e, para a sua avaliação, é necessário considerar o histórico familiar do paciente.

A ultrassonografia de tireoide é fundamental para diagnosticar alterações e doenças relacionadas ao funcionamento da glândula. Por esse motivo, o exame deve ser realizado sempre que houver a suspeita médica, ajudando a esclarecer o diagnóstico e direcionar o profissional para o tratamento adequado. 

Se você está há algum tempo sem realizar exames de rotina, faça agora seu agendamento na Clínica CEU sem precisar sair de casa!

Rate this post
Ultrassonografia da tireoide: quando o exame é necessário?
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM