Dia Nacional de Prevenção da Obesidade: 8 dicas para evitar

O Dia Nacional de Prevenção da Obesidade é comemorado em 11 de outubro, com o objetivo de alertar sobre os diferentes riscos que a doença apresenta e conscientizar sobre a importância do cuidado com o corpo para a prevenção. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública do mundo. Estima-se que até 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estarão com sobrepeso, e 700 milhões em situação de obesidade.

A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) estima que pelo menos 50% da população brasileira já está acima do peso. Por esse motivo, é fundamental entender a importância do Dia Nacional de Prevenção da Obesidade e conhecer as principais dicas para evitar a doença. Acompanhe!

Dia Nacional de Prevenção da Obesidade: como surgiu a data?

O Dia Nacional de Prevenção da Obesidade foi estabelecido em 23 de junho de 2008, conforme a lei nº 11.721. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da prevenção da obesidade.

A conscientização é fundamental para invalidar os estigmas e estereótipos preconceituosos relacionados à obesidade, assim como para estimular pessoas obesas a buscarem maneiras de tratamento da doença. Dessa forma, é possível prevenir inúmeras comorbidades, como:

  • doenças cardiovasculares;
  • diabetes mellitus;
  • esteatose hepática;
  • e alguns tipos de câncer.

Obesidade: o que é?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é uma doença crônica que ocorre devido ao acúmulo excessivo de gordura que traz inúmeros prejuízos à saúde. Por esse motivo, o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade é tão importante, contribuindo para melhorar a saúde e qualidade de vida.

Como saber se estou obeso(a)?

Para saber se você é obeso (a), o IMC (Índice de Massa Corporal) é um bom indicador. Este índice é usado como referência para estabelecer o padrão de referência da obesidade, calculado pela divisão da massa do corpo pela altura ao quadrado. 

Ao calcular o peso e a altura com a fórmula do IMC, a pessoa é considerada obesa quando o valor é superior a 30 kg/m². Veja, por exemplo: uma pessoa que mede 1,5 m e pesa 70 kg, teria o IMC calculado da seguinte forma:

IMC = 70 kg

 (1,5 m)2

IMC = 70 kg

  2,25 m²

IMC = 31,1 kg/m2 . Ou seja, a pessoa está obesa, visto que seu índice está acima de 30 kg/m2.

Principais riscos para a saúde da obesidade

Quando não tratada, a obesidade é uma doença que pode desenvolver diversos outros problemas no organismo, causando complicações no sistema respiratório, doenças cardiovasculares, problemas nos ossos e músculos, além de alterações hormonais. A seguir, confira as 5 principais doenças relacionadas ao surgimento da obesidade.

1. Doenças do coração

No coração, os principais problemas que podem surgir com a obesidade são a hipertensão arterial, arritmia cardíaca, infarto agudo do miocárdio, doença arterial coronária e acidente vascular cerebral. É importante entender que todos esses problemas estão correlacionados, por isso, podem aparecer em conjunto.

2. Doenças respiratórias

As doenças respiratórias também fazem parte das consequências da obesidade. Devido ao excesso de gordura na região do pescoço, as vias aéreas podem ficar comprimidas e, assim, a respiração ficar comprometida. Entre os problemas que podem surgir, estão a apneia do sono e hipertensão pulmonar.

3. Doenças nos músculos e ossos

Os problemas que aparecem em ossos, articulações e tecido muscular são bastante comuns e estão relacionados à sobrecarga da obesidade. As articulações de joelhos, tornozelos e quadris são as que ficam comprometidas, assim como a coluna vertebral.

Além disso, outras doenças como a síndrome do túnel do carpo e a gota podem estar presentes.

4. Diabetes tipo 2

A diabetes tipo 2 é ocasionada pelos altos níveis de glicose no sangue, e pode ocasionar outras doenças no coração e rins. Bastante comum em pessoas com excesso de peso, a diabetes tipo 2 surge geralmente em indivíduos obesos.

5. Depressão

Os problemas causados pela obesidade vão além da saúde física. Pela carga de complicações que acarreta, a doença também pode contribuir para o aparecimento de problemas de autoestima, insegurança e tristeza. A saúde mental se torna abalada, e a pessoa pode desenvolver um quadro severo de depressão.

Prevenção da obesidade: 8 práticas recomendadas 

O Dia Nacional de Prevenção da Obesidade alerta para a importância de utilizar estratégias que ajudam a evitar a doença, contribuindo para melhorar a saúde e qualidade de vida ao prevenir contra inúmeras outras condições.

Confira a seguir, 8 práticas recomendadas para prevenção da obesidade:

  1. realize de 5 a 6 refeições ao dia, com intervalo de 3 a 4 horas;
  2. adote uma alimentação saudável e equilibrada, que inclua frutas, legumes, verduras, carnes magras e cereais;
  3. evite frituras, pães, doces e massas em excesso, assim como alimentos processados;
  4. evite alimentos e bebidas com grande teor de açúcar, como refrigerantes;
  5. pratique atividades físicas diariamente, de pelo menos 30 minutos de duração;
  6. sempre que puder, utilize escadas ao invés do elevador;
  7. reduza o tamanho das porções de alimentos;
  8. realize exames preventivos.

Na leitura de hoje, você pôde conhecer a importância do Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, como forma de evitar não só a doença, como também outras síndromes que podem ser desenvolvidas por consequência. Lembre-se de seguir as práticas acima para evitar problemas com o peso e sempre realizar exames periódicos para diagnosticar essa e outras patologias de forma precoce. 

Que tal verificar se a sua saúde está em dia? Faça seu agendamento para realizar exames de rotina na Clínica CEU!

Rate this post
Dia Nacional de Prevenção da Obesidade: 8 dicas para evitar
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM


Warning: Use of undefined constant php - assumed 'php' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/dcm6c87qt1ur/public_html/wp-content/themes/ceu/sidebar.php on line 1