Saúde do homem: entenda o papel fundamental da prevenção!

No Brasil, as mulheres vivem em média 7,2 anos a mais que os homens. Isso pode ser devido à genética, escolhas e hábitos de vida e negligência com a própria saúde. Um levantamento realizado pelo Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo apontou que 70% dos brasileiros do sexo masculino procuram uma consulta médica por influência do cônjuge ou filhos. Por motivos como esse, em 2009, foi implantado pelo Ministério da Saúde a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, com o objetivo de promover ações que contribuam para a compreensão e incentivo dos cuidados com a saúde do homem.

Afinal, a menor atenção que o homem dá à sua própria saúde é responsável pelo alto número de diagnósticos de doenças em estado já avançado, problema que se agravou ainda mais durante a pandemia.

Grande parte das doenças que afetam a saúde do homem podem ser evitadas com medidas de prevenção e curadas com tratamento adequado em um diagnóstico precoce. Para que você entenda a importância da prevenção, principalmente, no período de pandemia, desenvolvemos este artigo. Confira!

Sobre a importância de se cuidar sempre

O preconceito e a falta de tempo são as principais causas apontadas pelos homens para a negligência com os cuidados com a saúde. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), apenas 32% dos homens entre 40 e 70 anos fizeram o exame de toque retal, utilizado para avaliar doenças como o câncer de próstata.

Além de não buscar cuidados específicos em consultas e exames preventivos como este, a saúde do homem também é influenciada por seu comportamento, como obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo excessivo de álcool.

Para evitar graves consequências, é preciso ter o cuidado com a saúde como um hábito de vida. Isso porque, com exames de rotina e prevenção é possível evitar o aparecimento de doenças, assim como tratá-las ainda em sua fase inicial. Isso contribui para as altas chances de cura, melhor qualidade de vida e bem-estar.

Saúde do homem: por que não esperar a pandemia passar para se cuidar?

Durante o período da pandemia causada pelo Novo Coronavírus, médicos têm notado uma redução significativa no tratamento de pacientes com doenças como o câncer de próstata e doenças cardíacas

Isso acontece pelo medo que as pessoas apresentam da infecção pela Covid-19. No entanto, abandonar um tratamento ou deixar de realizar exames preventivos pode apresentar os mesmos riscos da doença.

Pesquisadores estimam que nos próximos anos teremos um grande número de pessoas, principalmente homens, com doenças crônicas e outras em estágios avançados devido à falta de ações preventivas.

Algumas consequências já podem ser observadas pelo elevado número de quadros avançados de infarto, acidentes vasculares cerebrais e processos infecciosos que começam a reaparecer nos prontos-socorros. Devido à falta de prevenção, o reflexo da pandemia será observado ao longo dos próximos anos, com um grande impacto na saúde do homem.

Saúde do homem: quais enfermidades mais comuns? 

Entendendo a importância do papel da prevenção, principalmente diante do momento em que vivemos, vamos conhecer as doenças mais comuns que atingem a saúde do homem. Dessa forma, é possível ficar atento aos primeiros sintomas. 

Câncer de Pele

O câncer de pele é uma das doenças mais comuns a atingir não só a saúde do homem, mas também das mulheres. Dividido entre melanomas e não-melanomas, a enfermidade tem origem na irradiação solar. Os homens são os mais atingidos pela falta do uso de filtros solares, proteção fundamental para a prevenção da doença.

Câncer de Próstata

O câncer de próstata é o segundo tipo que mais atinge os homens, principalmente aqueles acima de 40 anos. Com altas chances de cura quando o diagnóstico é realizado de forma precoce, o câncer de próstata deve ser tratado desde o início. 

Para a investigação da doença, a realização do exame de PSA (Antígeno Prostático Específico) é indicada periodicamente, assim como a realização do exame de toque retal durante a consulta com um urologista.

Câncer de testículo

Um pouco menos comum que o câncer de próstata, o câncer de testículo atinge homens entre 15 e 50 anos. Suas chances de cura são altas quando a doença é descoberta ainda no início, e seu diagnóstico também pode ser feito por meio de consultas preventivas.

Câncer de Pulmão

O câncer de pulmão está relacionado na maioria das vezes com o tabagismo, afetando 2 vezes mais a saúde do homem que da mulher. Com sintomas como tosse constante, falta de ar, dores no tórax e escarro com sangue, é preciso buscar acompanhamento médico para que o médico realize exames para um rápido diagnóstico.

Doenças Hepáticas

As enfermidades que atingem o fígado, ou seja, doenças hepáticas, também atingem a saúde do homem. Entre as mais comuns estão o câncer de fígado, esteatose (excesso de gordura no fígado), hepatites e cirrose.

Seja por vírus, herança genética ou hábitos de vida não saudáveis, as doenças hepáticas são condições graves que devem ser identificadas ainda no início, confirmando a importância de exames de prevenção.

Doenças Cardiovasculares

As doenças do coração são as principais causas de morte no Brasil, afetando mais homens do que mulheres. Entre os distúrbios cardíacos mais comuns estão o infarto, insuficiência cardíaca e acidente vascular cerebral. 

Conclusão

Além de hábitos de prevenção como alimentação saudável, prática de atividades físicas e abandono de hábitos nocivos, como o tabagismo, o acompanhamento médico periódico é fundamental para evitar o desenvolvimento ou agravamento dessas enfermidades na saúde do homem.

Você pôde notar que grande parte das doenças comuns que afetam a saúde do homem estão associadas aos seus hábitos e escolhas, assim como a falta de preocupação com a própria saúde. Por isso, queremos enfatizar que além de hábitos saudáveis, é fundamental manter o acompanhamento médico preventivo para garantir qualidade de vida, principalmente durante o período de pandemia.

Quer continuar conferindo informações importantes como estas? Então, veja também a importância do check-up na saúde do homem!

Saúde do homem: entenda o papel fundamental da prevenção!
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM