Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial: 5 cuidados indispensáveis

A hipertensão arterial é uma das doenças que mais afetam os adultos no Brasil. De acordo com a pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a hipertensão arterial atinge quase 63% da população acima de 75 anos.

Por esse motivo, o Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão é uma data importante, informando e conscientizando a população sobre a importância de realizar exames periódicos e cuidados que podem ajudar a evitar o desenvolvimento da doença. A seguir, veja como prevenir e combater a hipertensão arterial!

 O que é a Hipertensão Arterial?

A hipertensão arterial é conhecida popularmente por pressão alta. Esse é um dos principais problemas de saúde no mundo, que se manifesta em maior número em adultos, sendo prevalente em pessoas acima dos 55 anos.

Esse distúrbio é caracterizado pela elevação na pressão sanguínea acima que 140/90 mmHg pelo registro do esfigmomanômetro, aparelho indicado para aferir a pressão. A hipertensão arterial é responsável pelas principais doenças cardiovasculares, como infarto e AVC (acidente vascular cerebral). Apesar de não apresentar cura, a hipertensão pode ser controlada com o tratamento adequado, impedindo complicações e o desenvolvimento de doenças como essas. 

Como surgiu o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial?

O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial é uma data instituída pela Lei nº 10.439/2002, e tem como objetivo conscientizar e informar a população sobre a importância do diagnóstico precoce da alteração nos níveis de pressão e do tratamento. Além disso, a data também contribui para a educação da população, por meio de dicas e cuidados que podem ajudar a evitar a hipertensão arterial.

5 dicas para evitar a Hipertensão Arterial

Para evitar a hipertensão arterial e garantir a saúde, bem-estar e qualidade de vida, alguns cuidados devem ser realizados. A seguir, separamos 5 dicas que vão contribuir para afastar essa doença e evitar complicações que podem ser fatais.

1. Reduza seu consumo de sal

O impacto que o sal em excesso causa na pressão arterial é grande. Por isso, reduzir seu consumo é fundamental. Contudo, não é só a adição de sal no preparo dos alimentos que deve ser reduzido. 

É importante também evitar alimentos com alto teor de sódio, como conservas, embutidos, alimentos processados, queijos, refrigerantes, temperos prontos e mais.

2. Diminua a ingestão de álcool e evite o cigarro

O consumo de bebidas alcoólicas em excesso pode ser prejudicial à saúde. Por isso, também é importante reduzir ou evitar o consumo de álcool. Da mesma forma, o cigarro deve ser eliminado, visto que a nicotina é um dos elementos responsáveis pela elevação da pressão. 

3. Elimine o estresse

O excesso de estresse é outro responsável pelo desencadeamento de diversas doenças, entre elas, a hipertensão arterial. Por esse motivo, é muito importante respeitar os limites de seu corpo. 

Tente manter boas noites de sono de, no mínimo, 8 horas. Além disso, busque descansar sempre que possível, praticando atividades de lazer. Afinal, a saúde emocional está diretamente ligada à saúde física. 

4.Tenha uma alimentação saudável

A alimentação é uma grande influência na hipertensão arterial. Uma dieta equilibrada pode manter os níveis ideais de pressão além de contribuir para uma vida saudável em qualquer idade. 

Ao consumir alimentos ricos em vitaminas e proteínas, é possível fortalecer o corpo, aumentando a disposição e prevenindo a hipertensão arterial e outras tantas doenças. Por isso, invista em uma alimentação com diversidade de grãos, legumes e frutas.

É importante também manter o controle do nível de consumo de carboidratos e evitar comidas processadas e gorduras trans. Para isso, organize a alimentação da semana, e prefira levar lanches e frutas ao invés de comer frituras e comida industrializada.

5. Mantenha exames em dia

Além das dicas anteriores, para evitar a hipertensão arterial e diversas doenças é fundamental manter exames preventivos em dia. Com esse acompanhamento é possível diagnosticar e evitar doenças e complicações que podem se agravar. Desse modo, não só a fim de evitar a hipertensão arterial, realizar os exames de rotina permite manter a saúde em dia. 

Muitas doenças graves podem ser diagnosticadas em um check-up simples. São alterações em exames de rotina, na maioria das vezes, que nos alertam e mostram que algo pode estar errado.

Assim, não se pode realizar exames apenas quando algo não vai bem, negligenciando sintomas que podem ser indicativos de algo mais grave. Mesmo que não tenha um histórico familiar de doenças genéticas, alguns exames preventivos são básicos para dizer se a saúde está boa.

Neste post você pôde acompanhar a importância da prevenção e combate à hipertensão arterial, evitando doenças graves e complicações. Por isso, não deixe de realizar exames periódicos e inserir os cuidados acima em sua rotina.

Está pronto para realizar seus exames preventivos? Então, agende sua consulta na Clínica CEU!

Rate this post
Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial: 5 cuidados indispensáveis
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM