Principais sinais e sintomas do câncer de próstata: fique atento!

O câncer de próstata apresenta evolução silenciosa em seus estágios iniciais. Muitos casos são diagnosticados já avançados. É nesse momento que os sinais e sintomas do câncer de próstata podem estar presentes. 

Por isso, importante conhecê-los e manter-se atento. Assim, é possível buscar atendimento médico e identificar a doença rapidamente. Além disso, o acompanhamento preventivo com exames de rotina é fundamental. A seguir, conheça os principais sinais e sintomas do câncer de próstata.

A importância do diagnóstico precoce para o câncer de próstata

Seja para o câncer de próstata ou qualquer outra doença, o diagnóstico precoce contribui para o tratamento ser feito ainda no início. Desse modo, é possível evitar o desenvolvimento da patologia. Da mesma forma, se reduz o surgimento de complicações e sequelas e aumentam as alternativas de abordagem terapêutica, assim como a cura.

Sinais e sintomas do câncer de próstata

Durante a vida, as células do corpo se multiplicam substituindo as antigas por novas. Contudo, em algumas situações, como no câncer de próstata, o crescimento desordenado das células pode acontecer. Confira os sinais e sintomas da doença quando eles estão presentes.

Dificuldade de urinar 

A dificuldade para urinar é o primeiro entre os sintomas do câncer de próstata. Essa dificuldade ocorre visto que a doença pode causar obstrução na uretra. A dificuldade para urinar pode estar acompanhada de dor, ardência, diminuição do jato de urina e também a necessidade de urinar várias vezes durante dia e noite.

Sangue na urina

O câncer também pode causar a presença de sangue ou sêmen na urina. Esses sinais, quando identificados, são os que levam o homem a procurar um atendimento médico, pois causam ansiedade e medo.

Dor ao ejacular

A dor durante a ejaculação pode ser frequente quando o câncer de próstata está presente. Além do desconforto durante o sexo, a dificuldade para ereção também pode ser uma consequência da doença.

Dores nos testículos, pélvis e costas

O desconforto no sistema reprodutor masculino serve como alerta para os sintomas do câncer de próstata. A dor pode ocorrer em região de testículos, pélvis e costas com variada intensidade

Dores nos ossos

As células cancerígenas no organismo provocam inflamações pelo corpo. Desse modo, no câncer de próstata ocorrem dores intensas em articulações e ossos. Esse é um sinal preocupante da evolução do câncer de próstata. Chamada de metástase, quando as células formam novos tumores em outras áreas, essa complicação exige métodos terapêuticos mais rigorosos.

Exames para o diagnóstico da doença

Quando existe a suspeita do câncer de próstata, o médico realiza exame físico, incluindo o exame de toque retal. Por meio desse procedimento, é possível avaliar o tamanho da próstata, formato, textura e a presença de lesões palpáveis na glândula.

Além do toque retal, o exame de PSA é usado para auxiliar na avaliação da próstata. O teste avalia os níveis do Antígeno Prostático Específico (PSA). Quando elevados, pode indicar não só câncer, como também doenças benignas da próstata, como a hiperplasia prostática benigna.

Ao ser identificada alteração no toque retal ou PSA, é realizado o exame de biópsia. Nele, retiram-se pequenos fragmentos da glândula para análise em laboratório. O ultrassom da próstata também contribui ao mostrar possíveis alterações no tamanho da glândula e identificar alterações em sua estrutura.

Saber identificar os sinais e sintomas do câncer de próstata é muito importante. No entanto, o diagnóstico precoce ainda é a melhor forma de aumentar as chances de sucesso no tratamento da doença. Por isso, é fundamental buscar atendimento médico a partir dos 50 anos para realizar exames preventivos. Caso tenha algum parente em primeiro grau com câncer de próstata, o rastreamento deve começar ainda aos 45 anos.

Quer saber mais sobre a doença? Então, confira os principais mitos e verdades sobre o câncer de próstata!

Rate this post
Principais sinais e sintomas do câncer de próstata: fique atento!
Clínica Céu

LEIA TAMBÉM