10 dicas para fortalecer a imunidade

Com a chegada do outono, fortalecer a imunidade ajuda a evitar doenças como gripes e resfriados. Entretanto, o que poucos sabem é que a mudança de hábitos simples, como ter mais horas de sono ou iniciar atividades físicas também auxiliam bastante as células do corpo a se defenderem.

O sistema imunológico do nosso organismo é um conjunto de células, proteínas, tecidos e órgãos que nos defendem de agentes externos, como vírus e bactérias. Mas se ele não tiver uma manutenção adequada, a nossa imunidade fica baixa e qualquer chuva consegue nos derrubar. Para evitar esse quadro, compras básicas em açougue e sacolão nos auxilia nas defesas do corpo.

No texto a seguir, damos algumas dicas para pessoas de todas as idades fortalecerem a imunidade. Alimentação saudável é a principal delas, mas apresentamos muitos outras. Vamos conferir?

1. Consuma mais vitaminas naturais

Abacaxi, kiwi, limão e acerola são ricos em vitamina C. Já vegetais verdes escuros são uma ótima fonte de vitamina E. O Ômega 3 é encontrado em peixes como atum, sardinha e salmão. 

Castanhas e cereais integrais são uma boa pedida para aumentar o consumo de zinco no organismo. Todas essas vitaminas são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico

2. Confie nas especiarias e remédios naturais

Alguns temperos são remédios da natureza e auxiliam muito no aumento da imunidade. A cúrcuma ou açafrão da terra, por exemplo, tem ação anti-inflamatória, antioxidante e antibacteriana. O gengibre, além de eliminar as bactérias nocivas ao organismo, aumenta as defesas do corpo. 

Cebola e alho não só dão um gostinho especial na comida, mas também são agentes anti-inflamatórios, antibacterianos, antifúngicos. Finalmente, o própolis, por ter ação antioxidante, é um dos preferidos pelos nutricionistas para aumentar a imunidade.

3. Tome um pouco de sol todos os dias

Principal fonte de vitamina D, é aconselhável ficar um tempo ao sol diariamente, sem protetor solar, de preferência até as 10 horas da manhã e depois das 16 horas. Essa vitamina é fundamental para o fortalecimento dos ossos e das defesas do sistema imunológico.

4. Beba água regularmente

Hidratação é fundamental para o bom funcionamento do organismo, principalmente das células de defesa. Beber, no mínimo, dois litros de água mineral ou filtrada todos os dias é suficiente para fortalecer a imunidade. Chás, sucos e leites vegetais não entram nessa conta.

5. Pratique exercícios físicos

Eles reduzem o estresse e aumentam a produção de anticorpos no organismo. Mesmo dentro de casa é possível fazer 30 minutos diários de alguma atividade física, utilizando materiais simples, como corda ou cadeira ou, até mesmo, o próprio corpo. 

Tarefas domésticas, como varrer a casa ou lavar o banheiro ajudam, embora não substituam totalmente os exercícios da academia. Você pode aumentar o ritmo dos movimentos ou dançar enquanto faxina, para ampliar os movimentos, a queima de calorias e a redução do estresse.

6. Cuide do seu sono

Durma de 8 a 10 horas por noite ou, se não puder, descanse o corpo e a mente o máximo que conseguir. Tenha controle de suas emoções e evite a insônia, a ansiedade, o medo e o pânico, todos eles contribuem para o surgimento de substâncias imunodepressoras, como o cortisol. Caso não consiga se controlar, procure ajuda de um psicólogo, seja presencial ou virtual.

7. Reduza o consumo de alimentos industrializados

Comidas congeladas, como pizzas e lasanhas e fast food são cheias de conservantes e outras substâncias prejudiciais à saúde. Esses alimentos provocam infecções no organismo e baixam a imunidade do corpo.

8. Evite álcool e cigarro

Tanto as drogas legalizadas, como o álcool e o tabaco, como as ilegais, baixam muito a imunidade, deixando o organismo sem defesa e predisposto às infecções. Se não conseguir cortar de todo esses hábitos, tente reduzir para a saúde do seu corpo.

9. Esqueça as dietas

Não, não é para ignorar as outras dicas. Mas, enquanto fortalecer a imunidade, deixe de lado as dietas muito restritivas ou hipocalóricas. Mantenha uma dieta equilibrada, sem cortar nutrientes essenciais. Reduzir muito as calorias para o seu peso ideal baixa muito as defesas do organismo.

10. Aposte no consumo dos chás

Chás antioxidantes como verde, hibisco, romã, gengibre, cúrcuma e maçã com canela melhoram o metabolismo, auxiliando na defesa do organismo como um todo. Lembre-se, os chás não entram como substitutos dos dois litros de água diários, eles apenas são complementos para fortalecer a imunidade.

Como você viu, fortalecer a imunidade do nosso corpo não é difícil, basta ter bons hábitos diários e cuidar bem de sua alimentação. Além disso, evite a automedicação e prefira sempre os remédios naturais, já descritos aqui. Muitas pessoas não conseguem sair todos os dias para repôr a geladeira com frutas, verduras e legumes, mas uma horta em casa é fácil de fazer, além de ser uma ótima distração.

Para saber de você já está com baixa imunidade, basta prestar atenção aos sintomas. Infecções, febres e calafrios, cansaço excessivo, diarreia, náuseas e vômitos são alguns sinais de alerta. Se você se identificou, comece o quanto antes a se cuidar em casa, seguindo as nossas dicas. Não procure hospitais e postos de saúde, sob o risco de adquirir infecções e outras condições nesses locais.

Agora que você já sabe como fortalecer a imunidade, vamos continuar a aprender? Conheça agora mesmo alguns aplicativos para cuidar da sua saúde sem sair de casa!

10 dicas para fortalecer a imunidade
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM