Trombose arterial: o que é e como diagnosticar?

Uma em cada quatro pessoas morre no mundo devido a condições causadas pela trombose arterial ou venosa, de acordo com a Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia. Causada por um coágulo de sangue que pode bloquear ou prejudicar o fluxo sanguíneo, a trombose é uma condição grave. 

Contudo, muitos ainda desconhecem a seriedade do quadro, assim como suas causas, sintomas e formas de diagnóstico. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu uma meta global para reduzir o número de mortes prematuras causadas pela doença em 25% até 2025. 

Para isso, é essencial entender como a trombose arterial ocorre, esclarecendo seus sintomas e formas de ser investigada, de modo a permitir um tratamento adequado por meio do diagnóstico precoce. Acompanhe!

O que é trombose arterial?

A trombose é caracterizada por desenvolver coágulos dentro do vaso ou artéria sanguínea. Isso causa o entupimento do fluxo de sangue, dificultando o retorno ao coração. A doença atinge principalmente as veias das pernas e dos pulmões. 

A trombose arterial (causada em artérias) é menos comum que a venosa (que ocorre em veias). No entanto, suas manifestações são semelhantes. Enquanto a trombose venosa causa inchaço e congestão dos fluidos na área, a trombose arterial pode interromper a oxigenação no tecido corporal, levando à necrose.

Quando ocorre na artéria coronária (no coração) a trombose arterial pode causar ataque cardíaco. Caso o suprimento de sangue seja interrompido de chegar até o cérebro, a pessoa pode sofrer um AVC (acidente vascular cerebral).

A maioria dos casos de trombose arterial são decorrentes do processo chamado aterosclerose, responsável por danificar a artéria. Nele, depósitos de gordura se acumulam nas paredes da artéria e endurecem, estreitando a passagem de sangue.

Riscos da trombose arterial

Quando um dos coágulos sanguíneos se desloca pela artéria do pulmão, bloqueando o fluxo de sangue, este chamado tamponamento pode ser fatal. Além disso, um coágulo pode se dividir em vários êmbolos, viajando por diferentes locais da circulação sanguínea e levando risco a variados órgãos. Quando ocorre em órgãos vitais, como o coração e pulmão, o primeiro sinal da trombose arterial pode ser a morte. 

Quais são os principais sintomas?

Entre os principais sintomas da trombose arterial estão dores, edemas (inchaço), vermelhidão na pele, coloração azul arroxeada (causada por falta de oxigênio), aumento da temperatura local e rigidez na panturrilha.

Como é feito o diagnóstico da trombose arterial

Entendendo que a trombose arterial pode apresentar riscos fatais ao organismo e considerando que em alguns casos os sintomas não estão presentes, o acompanhamento médico de rotina é a melhor forma de evitar surpresas. 

Com exames preventivos, é possível realizar um diagnóstico precoce, que contribua para um tratamento rápido e eficaz, evitando sequelas causadas pela trombose, ou até mesmo a morte. 

O diagnóstico da trombose arterial dependerá do histórico do indivíduo, avaliação clínica e resultado de exames de diagnóstico. O mais utilizado para avaliar a presença da doença no organismo é o Duplex Scan, a ultrassonografia com doppler. 

Essa técnica computadorizada possibilita ao profissional identificar alterações nas artérias e veias, por meio de ondas ultrassonoras emitidas na corrente sanguínea, o procedimento é realizado do mesmo modo como a ultrassonografia normal.

Conhecendo melhor a trombose arterial, sua gravidade e riscos, não deixe de consultar um especialista ao sentir alguns dos sintomas descritos. Além disso, mantenha as visitas médicas de rotina em dia, mesmo diante da pandemia. Elas são fundamentais para manter sua saúde e bem-estar.

Que tal saber mais sobre os exames usados para diagnosticar a trombose arterial? Confira mais detalhes sobre o Duplex Scan! Assim, você pode fazer seu agendamento para exames de rotina na Clínica CEU!

Trombose arterial: o que é e como diagnosticar?
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM