Ultrassom abdominal: como é feito e preparos

O ultrassom é um exame rápido, de fácil execução e que não exige muito preparo do paciente. Por isso, é um dos exames mais utilizados nas investigações de emergência, quando o paciente chega até o médico com alterações em exames laboratoriais e dores abdominais.

A principal indicação do ultrassom abdominal é a necessidade de avaliar algum sintoma ou suspeita no abdome. Mas não é só isso! A ultrassonografia também faz parte do pré-natal, bem como dos exames preventivos da saúde do homem e da mulher.

O uso do ultrassom do abdome varia de acordo com a suspeita do médico. Para isso, há três tipos de exame: superior, inferior e total.  A seguir, aprenda mais sobre cada tipo de ultrassom abdominal, como é feito o exame e os preparos necessários.

Ultrassom abdominal superior

O ultrassom abdominal superior é utilizado para visualizar órgãos localizados na parte superior do abdome, desde a região do tórax. O exame é comumente realizado para avaliar fígado, vesícula, baço, rins e pâncreas, mas também há usos para visualizar a veia cava inferior (que transporta sangue do abdome e dos membros inferiores para o coração) e a artéria aorta (a maior artéria humana, que transporta sangue oxigenado para todo o corpo).


Ultrassom abdominal inferior

Quando o médico solicita um ultrassom abdominal inferior quer dizer que o foco da investigação serão os órgãos internos relacionados aos tratos urinário e reprodutivo.

No caso dos homens, o exame mostra a bexiga, as vesículas seminais e a próstata. Através da ultrassonografia, é possível avaliar o tamanho da próstata e o seu volume, além da presença de nódulos ou tumores, o que permite diagnosticar uma série de doenças prostáticas, como o câncer. O ultrassom abdominal inferior também é muito utilizado em investigações de infertilidade nos homens.

Para mulheres, o uso do ultrassom abdominal inferior são vários. Se a mulher estiver grávida, a ultrassonografia vai servir para monitorar o desenvolvimento do bebê e a saúde da gestação. Em mulheres não grávidas, o exame é usado para avaliação do sistema reprodutor -útero, ovários e trompas uterinas – de forma preventiva anualmente ou investigando:

  • Dores pélvicas ou cólicas menstruais muito intensas;
  • Irregularidade ou ausência de sangramento menstrual;
  • Suspeitas de doenças como a endometriose e síndrome do ovário policístico (SOP);
  • Suspeitas de gravidez;
  • Investigação de cistos, miomas ou tumores de útero e ovário.

Na bexiga, o exame mostra cálculos e tumores, e pode ser utilizado como um guia para exames de biópsia no local.

Ultrassom abdominal total

Em alguns casos, é necessário examinar o abdome de forma mais ampla, sendo utilizado o ultrassom abdominal total. Essa é uma modalidade do exame que permite avaliar órgãos como vesícula, rins, fígado, bexiga e pâncreas, além do retroperitônio, a parte de trás da membrana que reveste a cavidade abdominal, onde podem se localizar tumores.

O exame pode mostrar:

É importante lembrar que o ultrassom não consegue visualizar órgãos que não sejam vasculares, sólidos ou cheios de líquido. Isso acontece porque o gás, que ocupa grande parte do estômago e intestinos, por exemplo, reflete as ondas ultrassônicas, interferindo na formação das imagens do exame.

Por isso, o ultrassom abdominal deve ser usado em conjunto com outros exames e técnicas para diagnósticos no trato gastrointestinal. Nos pulmões, o ultrassom total ajuda a identificar derrames pleurais, popularmente conhecidos como “água no pulmão”.

Ultrassom abdominal: como é feito?

Os exames de ultrassonografia abdominal são feitos em clínicas de imagem, com o uso do aparelho de um transdutor de ultrassom e a aplicação de um gel de contato na pele do paciente. O aparelho é deslizado pela pele, criando as imagens dos órgãos analisados em um computador em tempo real. O ultrassom não emite radiação e não oferece nenhum risco à saúde.

Qual o preparo necessário para o exame?

Na Clínica CEU, o preparo para o ultrassom abdominal é o seguinte:

  1. Evitar bebidas alcoólicas, frituras e alimentos que produzam gases na véspera do exame (refrigerantes, laticínios, feijão, repolho);
  2. Fazer jejum absoluto de no mínimo 8h no dia do exame, sendo a última refeição leve;
  3. Não fumar antes do exame;
  4. Ingerir 60 gotas de Flagass (dimeticona) duas horas antes do exame, sem tomar muita água junto, para reduzir os gases intestinais e facilitar a visualização do exame;
  5. Reter urina por 2 horas antes do exame facilita a visualização também, mas não é um impeditivo.

Quais doenças a ultrassonografia do abdome pode diagnosticar?

Como já dissemos, o ultrassom abdominal permite avaliar a saúde de diversos órgãos do corpo humano. Reunindo todas as modalidades, o exame pode ajudar em diagnósticos de:

    • Endometriose, cistos, miomas e tumores de útero e ovário em mulheres;
    • Síndromes, doenças e malformações fetais durante a gestação;
    • Cistos e tumores na bexiga;
    • Cálculos nos rins e na vesícula;
    • Inflamações graves em órgãos, como a apendicite;
    • Câncer e outras doenças de próstata;
    • Bloqueios e alterações circulatórias em vias, veias e artérias;
    • Lesões e inflamações em tecidos dos órgãos abdominais;
    • Alterações importantes no tamanho e volume de órgãos;
      • Massas e tumores no peritônio;
    • Acúmulo de líquido e/ou secreção em locais incomuns.

Por ser um exame simples e sem riscos para o paciente, a ultrassonografia abdominal pode ser realizada sempre que houver necessidade médica, além de ser parte do calendário anual de diversas condutas de acompanhamento, especialmente para mulheres.

Neste post, você entendeu melhor como funciona o ultrassom abdominal, como é feito e em que tipo de diagnóstico ele pode auxiliar. Por isso, é importante que você sempre procure um médico ao apresentar dores abdominais ou outros sintomas listados aqui, e encontre uma clínica de referência para realizar a sua ultrassonografia. Afinal, se alguma alteração for descoberta, será fundamental fazer o acompanhamento constante da sua saúde.

A Clínica CEU é referência em diagnósticos por imagem, e contamos com uma infraestrutura completa para realizar seus exames com segurança. Agende seu ultrassom abdominal com comodidade clicando aqui ou através do Whatsapp (31) 98437-6216. O resultado sai imediatamente após a realização do exame.

1 (20%) 1 vote
Ultrassom abdominal: como é feito e preparos
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM