Gravidez saudável: 5 dicas imperdíveis para as futuras mamães

Seja para gestantes ou mulheres que pensam em engravidar, a busca por uma gravidez saudável deve ser realizada desde o início da gestação. Para isso, mudar alguns hábitos e rotinas é a melhor forma de cuidar de si mesma e garantir os cuidados com a saúde do bebê. 

Para contribuir com as futuras mamães, separamos no conteúdo de hoje 5 dicas imperdíveis que vão ajudar a ter uma gravidez saudável. Por isso, continue a leitura conosco para conferir!

A importância de uma gravidez feliz para mãe e bebê 

Para ter uma gravidez saudável, a mulher deve entender que tudo em seu corpo pode afetar o bebê que está em desenvolvimento. Dessa forma, ao se esforçar para que sua gravidez seja feliz e saudável, a mulher garante ao filho saúde e qualidade de vida antes mesmo de seu nascimento. 

5 dicas para uma gravidez saudável

Conforme o bebê cresce na barriga da mãe, algumas mudanças naturais vão acontecendo. Acontecendo em diferentes estágios, as mudanças no corpo da gestante podem ser vistas de semana a semana. 

Por isso, para ter uma gravidez saudável, a gestante deve parar de fumar, não consumir bebidas alcoólicas, realizar exercícios regularmente e diminuir a ingestão de cafeína. No entanto, além dessas mudanças, outras devem estar presentes na vida da futura mãe. Confira as 5 principais dicas para ter uma gravidez saudável.

1. Tenha uma alimentação saudável

A boa alimentação na gravidez contribui para o controle de ganho de peso materno durante o período. Assim, prevenindo a ocorrência de doenças que podem estar relacionadas, como o diabetes gestacional e a pré-eclâmpsia. 

Dessa forma, manter uma dieta equilibrada ajuda no desenvolvimento do bebê e contribui para que a mãe tenha uma gestação tranquila. Além disso, alimentos corretos asseguram que a mulher tenha reservas biológicas necessárias também para a fase pós-parto. Consequentemente, favorecendo a alimentação do bebê e contribuindo para melhorar seu sistema imunológico.

2. Complete o esquema de vacinação

Entre os cuidados que devem ser tomados para garantir uma gravidez saudável, manter as vacinas em dia contribuem para que a gravidez na pandemia seja mais segura. A vacina contra a Influenza é uma das obrigatórias no calendário de vacinação da gestante.

Além dela, a mulher deve receber imunizações contra o tétano, hepatite e também contra o Coronavírus. Contudo, a data para essa imunização ainda não foi divulgada pelo Ministério da Saúde.

3. Cuide da saúde mental

A gravidez na pandemia tem como agravante a soma entre a sensibilidade natural da gestação, o medo e incertezas que esse período acaba gerando na vida de todos. Por isso, é essencial para a gestante cuidar de sua saúde mental, evitando estresse e ansiedade, fatores que podem ser prejudiciais ao bebê. 

Seja realizando atividades relaxantes em casa, como meditação ou hobbies, ou participando de consultas com profissionais especializados através de atendimento remoto. O importante é manter os cuidados com a saúde mental.

4. Realize o pré-natal

O pré-natal desempenha papel primordial em termos de prevenção e ainda detecção de patologias precocemente, tanto da mãe quanto do bebê. Isso auxilia no desenvolvimento saudável do feto e reduz os riscos para a gestante. Confira as vantagens e os principais objetivos de um pré-natal: 

  • identificar doenças, como hipertensão, diabetes e problemas do coração, que permitirão medidas de tratamento para reduzir os riscos para mãe e para o bebê,
  • detectar alterações fetais, má formação e doenças genéticas. Algumas delas, quando tratadas em fase inicial permitem ao recém-nascido uma vida normal, 
  • preparar a mulher no período da gestação, psicológica e fisicamente,
  • fornecer orientações sobre hábitos de vida, higiene pré-natal, sono, alimentação e outras orientações que sejam necessárias. 

5. Faça os exames de rotina

De modo geral são indicadas pelo menos 3 ultrassonografias durante a gestação. Não há riscos fetais e maternos, pois a sua tecnologia não utiliza radiação ionizante.

Nos exames de rotina, sempre haverá algo novo a ser visualizado em um ultrassom na gravidez, independente da fase em que se encontra. Por este motivo a importância de realizá-lo periodicamente. 

Em cada fase há um objetivo específico, e é possível acompanhar o crescimento do bebê, sua posição no útero, a idade gestacional, identificar possíveis anomalias e prever se aquela gestação necessita de maiores cuidados. 

A ultrassonografia permite diagnóstico gestacional mais acertado, pois possibilita visualização do batimento cardíaco fetal precocemente. O exame também permite o diagnóstico de algumas doenças na gravidez.

Além disso, o ultrassom é valioso na integração do processo gestacional a outros membros da família. Ele aumenta o vínculo entre mãe e filho ainda intraútero e contribui para reduzir problemas relacionados à depressão e ansiedade maternas. 

Considerando que a gravidez durante a pandemia é uma situação preocupante, estas dicas garantem que a mulher tenha uma gravidez saudável, contribuindo para seu bem-estar e saúde, e garantindo o desenvolvimento adequado para o bebê. Portanto, é muito importante colocá-los em prática.

Que tal conferir mais sobre informações como estas? Então, veja 5 orientações para fazer um bom pré-natal!

Gravidez saudável: 5 dicas imperdíveis para as futuras mamães
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM