Ultrassom na gravidez em Belo Horizonte

Fundamental para as gestantes, o ultrassom obstétrico é importante para detectar muito mais do que o sexo do bebê. A cada fase da gestação pode revelar detalhes sobre a saúde da criança e da mãe. Por meio de ondas de som, ele permite ao médico ver o bebê, a placenta, o útero e outros órgãos.

A ultrassonografia obstétrica identifica o crescimento e desenvolvimento da criança. No texto a seguir, saiba quando ele é indicado durante a gestação e o que pode ser visto em cada fase. Além disso, confira onde você pode fazer o ultrassom na gravidez em Belo Horizonte.

Indicações do ultrassom obstétrico

O recomendável é fazer um ultrassom obstétrico a cada trimestre de gestação, mas isso vai depender de cada caso e o obstetra pode indicar quantos ultrassons foram necessários. 

A ultrassonografia não é um exame invasivo. Não utiliza raios ionizantes, como acontece no raio-x, nem radiação e é o exame mais seguro para a mãe e o bebê. A seguir, veja em detalhes o que pode ser visto a cada fase:

  • Primeiro exame

No primeiro ultrassom, que acontece entre a 5ª e 8ª semanas, são vistos quantos embriões estão se desenvolvendo. A partir da sexta semana é possível ouvir o coração do bebê. Caso a gestação seja de gêmeos, é possível ver se é univitelina ou bivitelina, ou seja, se as crianças dividem ou não o mesmo saco gestacional.

Outro fator importante é observar se a gravidez ocorre no útero ou nas trompas. Nessas primeiras semanas também é mais acertado identificar a idade certa do bebê, pois a margem de erro é bem menor. Também é possível observar se existem doenças congênitas ou genéticas, como a síndrome de Down.

  • Segundo exame

O segundo ultrassom pode ser feito de 20 a 24 semanas e ajuda a determinar com mais precisão o sexo do bebê, as condições da placenta e do líquido amniótico e os riscos de má formação e doenças genéticas. Com essa avaliação, é possível perceber doenças renais, cardíacas e até mesmo a existência de lábio leporino. 

A circulação sanguínea na placenta e se os nutrientes estão sendo absorvidos pelo embrião também são identificados nesse exame. Também é possível medir com precisão o colo do útero. Quanto mais curto, maiores as chances da criança nascer prematura.

Dessa forma, a ultrassonografia permite ao médico se antecipar a um parto de urgência. Ele pode prescrever repouso e medicamentos para a gestante e evitar movimentos bruscos e um parto prematuro, que pode colocar em risco a mãe e o bebê. Se o médico desconfiar de alguma anormalidade, ele pode pedir uma ultrassonografia com doppler ou em 3D para avaliar melhor o desenvolvimento da criança.

  • Terceiro exame

No último ultrassom recomendado para a gestação, pode ser feito entre 28 e 32 semanas. Nele, é visto o crescimento do bebê e a localização da placenta. O ultrassom obstétrico também auxilia o descarte de outros diagnósticos como a hidrocefalia.

A observação da placenta é crucial nesta ultrassonografia. É verificado como está a circulação de sangue e se ela está afastada do colo do útero. Caso ela esteja impedindo o orifício, pode ser recomendada a cesária na hora do parto.

Esse exame também avalia a quantidade de líquido amniótico presente na placenta. Ele não pode estar em excesso e nem falta, sob o risco de prejudicar na hora do parto. 

Caso tenha alguma dúvida durante os exames, o mais indicado é conversar com seu obstetra. Algumas vezes uma outra ultrassonografia alguns dias pode esclarecer possíveis

Realize seu ultrassom na gravidez em Belo Horizonte na Clínica CEU

Na Clínica CEU, o ultrassom obstétrico não precisa de preparação e os resultados são entregues imediatamente. Além disso, o exame é realizado para observar o bem estar, a morfologia e idade fetal. Afinal, uma gestação saudável é acompanhada desde o princípio com um bom pré-natal.

Para a realização da ultrassonografia, sempre vá acompanhada. É essencial ter alguém em quem você confia para dividir as emoções e ajudar em qualquer coisa. Você também pode comer algum alimento rico em carboidratos para fazer o bebê se mexer mais e as imagens no ultrassom ficarem mais nítidas

Faça sempre seus exames de ultrassom obstétrico em uma clínica de qualidade, que passe confiança e experiência no mercado.

Recomendações durante a quarentena – COVID-19

Durante a quarentena, a Clínica CEU está aberta e atendendo normalmente as pacientes, porém com um intervalo maior entre os agendamentos. Venha com máscara e também realize os procedimentos indicados para prevenir o coronavírus.

Seguimos os mais rigorosos protocolos de biossegurança, estando de acordo com as orientações da OMS e Ministério da Saúde, o que é atestado pela Certificação em Qualidade da Organização Nacional de Acreditação.

Para garantir a segurança de todos, clientes e colaboradores, estabelecemos um procedimento de incentivo à higienização das mãos, direcionado a todos que chegam à clínica. Também disponibilizamos álcool 70° nos ambientes de atendimento e espera – além de luvas e máscaras para todos os profissionais de saúde. Os aparelhos são limpos frequentemente com álcool isopropílico.

Solicitamos a todos as pacientes e acompanhantes que estejam com sintomas de resfriado ou gripe ou tenham tido contato com alguém com suspeita de coronavírus, que reagendem o exame com um intervalo mínimo de 21 dias.

Ressaltamos que, durante este período, será permitido um acompanhante apenas para gestantes e pacientes que possuam necessidades especiais ou que estejam debilitados.

Se você já está com o pedido médico, realize agora mesmo o agendamento online do seu ultrassom na gravidez em Belo Horizonte. Estamos localizados na Av. Francisco Sales, nº 1656, bairro Santa Efigênia

Ultrassom na gravidez em Belo Horizonte
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM