Saúde do coração: qual a importância do teste ergométrico?

Segundo informações do Ministério da Saúde, 31,5% dos óbitos que acontecem no Brasil são devido a problemas cardiovasculares. Visto que as doenças cardíacas são as que mais causam complicações, como infarto e AVC (acidente vascular cerebral), a saúde do coração deve receber mais atenção por meio da população.

A hipertensão arterial e obesidade são consideradas atualmente as doenças mais prejudiciais. Com o aumento da pressão, além de possíveis lesões cardíacas, ocorre a sobrecarga do órgão, fator que pode aumentar seu tamanho. 

Por isso, a hipertensão é considerada um mal silencioso que pode causar problemas irreversíveis para a saúde do coração.

A seguir, você vai conhecer algumas dicas para manter a saúde do coração, assim como a importância do teste ergométrico. Acompanhe!

6 dicas para ter uma saúde do coração em dia

Grande parte das doenças cardiovasculares podem ser evitadas com a abordagem que envolve fatores comportamentais de risco, como o sedentarismo, a obesidade, o tabagismo, e falta acompanhamento em exames de rotina. Confira algumas dicas que contribuem para manter a saúde do coração em dia.

Evitar o cigarro

O hábito do tabagismo prejudica o organismo causando problemas respiratórios e oncológicos, além de potencializar o risco para doenças que afetam a saúde do coração. Ao abandonar o cigarro, o indivíduo reduz imediatamente o risco de morrer por alguma doença cardíaca pela metade.

Praticar atividades físicas regularmente

A prática de atividades físicas contribui para melhorar a saúde do coração e vasos sanguíneos. Além disso, ajuda a diminuir os níveis de glicose, contribuindo para a redução do risco de trombose. O ideal é praticar atividades diariamente, por cerca de 30 a 40 minutos, em ritmo moderado.

Fazer o controle da pressão arterial

A hipertensão arterial é uma doença crônica que afeta os vasos sanguíneos, prejudicando a saúde do coração, cérebro e rins. Por isso, é importante realizar consultas periódicas e exames de rotina para assegurar que os níveis da pressão arterial estejam sempre normais.

Reduzir o consumo do açúcar

Outra dica que contribui para a saúde do coração é diminuir, ou evitar, alimentos com alto teor de açúcar refinado. Essa substância causa o aumento do índice de glicose no organismo, prejudicando o coração e aumentando o risco para trombose.

Controlar o colesterol

Além do açúcar, é importante evitar uma alimentação rica em colesterol. A alteração dos seus níveis causa a formação de placas de gordura nas artérias e pode provocar o endurecimento dos vasos. Para manter o colesterol sempre controlado, inclua na dieta alimentos que sejam ricos em ácidos graxos e ômega 3, como oleaginosas e peixes.

Realizar exames periódicos

Além das dicas acima, para garantir a saúde do coração é importante realizar consultas de rotina. Dessa maneira, o médico pode avaliar o funcionamento do sistema cardiovascular por meio de exames como o teste ergométrico.

Qual o impacto do teste ergométrico na Saúde do Coração?

O teste ergométrico, também conhecido por teste de esforço, é um exame que coleta dados sobre a resposta do organismo em situações de esforço físico progressivo. Ele fornece dados diagnósticos e prognósticos que ajudam a entender e analisar a saúde do indivíduo. Os principais fatores de avaliação durante o teste de esforço são:

  • identificar o possível surgimento de sopros ou indícios de falência ventricular;
  • buscar por anormalidades na pressão arterial e isquemia miocárdica;
  • identificar a presença de doença arterial coronária;
  • analisar a capacidade funcional cardiorrespiratória;
  • analisar o progresso de doença cardíaca;
  • detectar a presença de arritmias.

Como funciona o teste ergométrico?

De maneira geral, o teste ergométrico é simples. São colocados eletrodos no corpo do paciente e, após esse preparo, ele deve começar a andar numa esteira. Gradualmente, e sempre sob observação e controle de um especialista, a intensidade do exercício vai aumentando. 

Entre o início e fim de cada ciclo, são registradas a pressão arterial, o ritmo e a frequência cardíaca. O tempo de duração do teste de esforço é de 8 minutos. Contudo, ele pode ser interrompido caso o paciente demonstre exaustão.

Quando devo fazer o teste ergométrico?

O teste de esforço é um procedimento inicial muito amplo que detecta anormalidades que interfiram na saúde do coração. De acordo com o Departamento de Ergometria e Reabilitação da Sociedade Brasileira de Cardiologia, as indicações para que o teste ergométrico seja realizado são para pacientes que precisam identificar ou já possuam:

Além disso, outros casos especiais podem ser considerados, como para atletas ou esportistas. No entanto, as recomendações não param por aí. Outras pessoas também podem se beneficiar com o procedimento, desde que indicado por um especialista.

Como você pôde conferir neste artigo, algumas medidas simples podem contribuir para melhorar a saúde do coração. Por isso, além de mudar alguns hábitos como os que vimos acima, é fundamental manter os exames preventivos em dia, como o teste ergométrico, para identificar possíveis problemas que podem prejudicar sua saúde e qualidade de vida no futuro.

Quer entender melhor como funciona um dos principais exames para avaliar a saúde do coração? Então, conheça melhor o teste ergométrico

Saúde do coração: qual a importância do teste ergométrico?
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM