Saúde da Mulher: entenda a importância dos cuidados e redução da mortalidade materna

No dia 28 de maio, comemoramos o Dia Internacional da Luta Pela Saúde da Mulher e também o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. As datas são uma forma de chamar atenção e conscientizar a população sobre os problemas e distúrbios comuns na saúde da mulher, como câncer de mama, endometriose, hipertensão arterial, fibromialgia, depressão, obesidade e câncer de colo de útero.

Por sua jornada dupla de trabalho que envolve a vida profissional e o cuidado centrado em sua família, a mulher costuma negligenciar a própria saúde, deixando a realização de exames periódicos de lado, ainda mais durante a pandemia. 

Como forma de lembrar a mulher a importância de cuidar de sua saúde, desenvolvemos a leitura de hoje. Continue acompanhando!

Qual a importância da prevenção na saúde da mulher?

A prevenção consiste no cuidado e realização de consultas de rotina ao médico para exames periódicos. Diante das doenças que mais afetam a saúde da mulher, a prevenção é fundamental para prevenir e auxiliar na identificação de doenças e distúrbios que ainda estão em fase inicial. Dessa forma, com um diagnóstico precoce, o tratamento adequado e eficaz é realizado também de forma rápida, aumentando muito as chances de cura em inúmeras doenças

Principais doenças que afetam as mulheres

O aumento da longevidade, diferentes hábitos alimentares, elevação do sedentarismo e diminuição da prática de exercícios físicos associados a diferentes fatores ambientais e externos, uma preocupação maior tem sido observada com a saúde da mulher. 

A promoção e prevenção da saúde é uma forma de evitar o desenvolvimento de doenças que podem ser prevenidas ou tratadas de forma mais fácil e eficaz quando descobertas no início, como é o caso do câncer de colo de útero.

Afetando a região inferior do útero, conhecida como cérvice, esse tipo de câncer se desenvolve de forma lenta e silenciosa. Ou seja, os sintomas do câncer de colo de útero não podem ser percebidos nas fases iniciais. 

Contudo, a doença pode ser detectada no início, ou mesmo quando a lesão ainda é uma lesão pré-câncer por meio de consultas preventivas e a realização do exame papanicolau. A recomendação periódica desse teste é feita devido à possibilidade do diagnóstico que garante altas chances de cura, com probabilidade de quase 100%. Além dele, outras doenças que afetam a saúde da mulher com frequência, são:

  • câncer de mama;
  • câncer de ovário;
  • osteoporose;
  • síndrome do ovário policístico;
  • distúrbios na tireoide;
  • hipertensão arterial;
  • endometriose;
  • fibromialgia;
  • depressão;
  • obesidade. 

Como detectá-los? 

Como forma de promover a saúde da mulher, exames de rotina podem diagnosticar muitas doenças graves. São alterações que, na maioria das vezes, nos alertam e mostram que algo pode estar errado.

Dessa forma, é preciso realizar check-up todo ano. Mesmo que não tenha um histórico familiar de doenças genéticas, alguns exames preventivos são básicos para contribuir com a saúde da mulher. 

Papanicolau

Para a saúde da mulher, um dos exames indicados é o Papanicolau, também chamado de “preventivo”. Ele é coletado pelo médico ginecologista no consultório e deve ser feito anualmente após o início da vida sexual da paciente.

O papanicolau permite identificar o câncer do colo do útero em estágios iniciais, facilitando a cura da doença. Além disso, o exame ajuda a detectar outras condições como verrugas, infecções por fungos e herpes genital. 

Dependendo do seu resultado, o ginecologista pode pedir exames complementares, como a colposcopia, a vulvoscopia e o exame específico do HPV ou outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Ultrassom transvaginal

O ultrassom transvaginal é indicado para verificar a saúde do aparelho reprodutor da mulher – útero, trompas e ovários. Esse exame ajuda a encontrar miomas, cistos e tumores, além de auxiliar no diagnóstico da endometriose. No caso de pacientes que usam DIU, o transvaginal também é indicado para verificar a posição do dispositivo.

Mamografia Digital

Outro exame muito importante para a saúde da mulher é a mamografia digital. A mamografia é indicada para mulheres a partir dos 35 anos, com histórico de câncer de mama na família, ou após os 40 anos, sem histórico. O exame é o maior aliado na prevenção a esse tipo de câncer.

O ultrassom das mamas também pode ser indicado para complementar o diagnóstico, dependendo de certas condições que serão analisadas pelo médico especialista. Ele não substitui a realização da mamografia. Além disso, outros exames preventivos são importantes para a saúde da mulher, são:

Você pôde entender como os exames preventivos são essenciais para a saúde da mulher em todas as suas fases de vida. Por isso, não deixe de realizar consultas de rotina e fazer seus exames periódicos.

Assim que o médico solicitar os seus exames preventivos, solicite o agendamento online do seu exame conosco!

Saúde da Mulher: entenda a importância dos cuidados e redução da mortalidade materna
Equipe da Clínica CEU

Responsável pelo conteúdo: Dr Rogério Augusto Pinto da Silva - CRM: 13323 - MG. Currículo Lattes. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728497Y9

LEIA TAMBÉM